piquenique

piquenique
na Tapada de Mafra

Almoço na Aroeira

Almoço na Aroeira
Hélia e Milú

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Santiago de Compostela

Catedral de Santiago de Compostela
Missa na Catedral



Praça Obradoiro

A semana passada estive pela 1ªvez em Santiago de Compostela, capital da Galiza, localizada na Província da Corunha, uma cidade espanhola mundialmente famosa pela sua Catedral, onde acorrem os peregrinos que perfazem os Caminhos de Santiago, de maneira a depararem-se com o manto de Santiago, um dos apóstolos de Jesus Cristo, cujo corpo se diz que foi trasladado para aquele lugar.
Segundo uma lenda muito antiga, após a dispersão dos apóstolos de Jesus Cristo pelo mundo, São Tiago foi pregar as “boas novas”em regiões longínquas, passando algum tempo na Galiza, extremo oeste da Espanha. Ao voltar à Palestina foi preso e decapitado e o seu corpo atirado para fora das muralhas de Jerusalém. Dois dos seus discípulos, Teodoro e Atanásio, recolheram os seus restos mortais e em barco levaram-os de volta ao Ocidente, aportando na antiga cidade de Iria Flávia, na costa oeste espanhola, sepultando-os secretamente em um bosque de nome Libradon. O lugar foi esquecido até que oito séculos depois, um eremita chamado Pelayo começou a observar neste local um estranho fenómeno: uma verdadeira chuva de estrelas caía todas as noites ali, emanando uma enorme luminosidade.
Avisado destas luzes místicas, o bispo de Iria Flávia, Teodomiro, ordenou que fossem feitas escavações nesse local, encontrando assim uma caixa de mármore com os ossos do Santo. O local foi chamado “ Campus Stellae”, cuja tradução quer dizer “ Campo de Estrelas” e o nome Santiago de Compostela compõe-se de duas partes –“ São Tiago”- o Apóstolo e –Compostela - “Campo de Estrelas”-A notícia espalhou-se e as pessoas começaram a deslocar-se a este local a fim de conhecer o sepulcro, originando o Caminho de Santiago de Compostela, Caminho que muitos peregrinos continuam a percorrer e que tive ocasião de verificar durante a minha curta estadia em Santiago de Compostela.



14 comentários:

Anita disse...

Parece mesmo lindo, eu quero muito visitar também!

Beijinho*

Luís Coelho disse...

Fui lá em 1998 (não tenho a certeza)
Chovia muito e fazia frio.
Praticamente não deu para ver quase nada. Fomos em grupo, chegamos ao anoitecer e saímos no dia seguinte a seguir ao almoço.
Tenho uma imagem de uma praça grande com muitas igrejas . A Catedral é um monumento que nos surpreende pelas muitas capelas laterais.
Gostei de conhecer a história de S. Tiago.

Fa menor disse...

Também já lá fui.

Gostei muito da Catedral.

Não colocaste a mão na coluna?

Beijinhos

Vozes de Minha Alma disse...

Bom dia amiga Hélia.
Quero dizer que apreciei imensamente teu texto sobre Santiago de Compostela, lugar esse que embora não conheça, mas para mim transmite uma mística incomparável.
Quero dizer que conheço agora, duas pessoas de nome Hélia. Aqui em São Paulo e tu em Portugal. Muito bonito, por sinal. Nome que aos meus olhos evoca uma beleza transcendente. Não sei dizer exatamente o porque.
Mas deixo um abraço, e foi um prazer estar aqui.

Hanukká disse...

Interessante,vim falar da minha primavera, deixo umas flores, bjos.

O deserto e o lugar solitário se alegrarão disto; e o ermo exultará e florescerá como a rosa.
Isaías 35:1

Sacudirá as suas uvas verdes, como as da vide, e deixará cair a sua flor como a oliveira,
Jó 15:33


Os teus renovos são um pomar de romãs, com frutos excelentes, o cipreste com o nardo.
Cânticos 4:13

Ives disse...

Olá, adorei seu blog, se me permitir estarei sempre aqui, abraços

Fernando Santos (Chana) disse...

Belas fotografias de Santiago de Compostela...Espectacular....
Cumprimentos

Eduardo Aleixo disse...

Boa a sua descriçãom sobre a lenda de Santiago, que visitei há dois anos.Já não me lembrava da lenda ( Santiago me perdoe ), e por isso agradeço. Gostei do seu post e blog. Gostei tb da sua visita. Um abraço. E tenha uma boa semana - que não tarda.

gaivota disse...

de vez em quando vou a santiago, é lindo! tem uma certa magia, aquela catedral e a lenda de santiago
e também há a tarte!
beijinhos

Lilá(s) disse...

Já estive lá faz cerca de 10 anos, bateu uma saudade ao ler este post!
Bjs

poetaeusou . . . disse...

*
caminhos de São Tiago,
purificando os Passos,
da amargura, o Senhor
dos Passos em nós . . .
,
brisas de Paz,
deixo,
,
*

Nilson Barcelli disse...

Um local carregado de História e muito interessante.
Beijos, querida amiga.

JE VOIS LA VIE EN VERT disse...

Olá Hélia,

Quase que nos cruzávamos ! Estive aí no fim de semana passado. Fui (mas sozinha com um grupo da paróquia) com o apoio dos meus familiares porque estava dividida : no Domingo, dia da missa na catedral, festejava eu 57 anos. Festejava com a minha família ou ia a Santiago de Compostela ? Vai, é uma oportunidade e os teus anos, podemos festejar mais tarde, disseram eles.
Gostei imenso e abracei a Estátua, vi a Catedral e a praça principal cheia de peregrinos e vi o enorme bota-fumeiro a baloiçar em cima das cabeças dos peregrinos. Não coloquei a mão na coluna, nem sei qual é. A única coisa que não gostei é a multidão na catedral, a falta de lugares sentados e a pouca sensibilidade e simpatia dos "empregados", sejam na entrada ou dentro da catedral. Quem está num lugar deste devia mostrar o bom exemplo e ser simpático até ao pedir às pessoas para recuar dum passo.
Gostei de lá estar mas pensei que ia ressentir mais emoção e não aconteceu.

Beijinhos
Verdinha

helia disse...

obrigada pelos vossos comentários !