piquenique

piquenique
na Tapada de Mafra

Almoço na Aroeira

Almoço na Aroeira
Hélia e Milú

sábado, 24 de abril de 2010

Viagem a Berlim

Reichstag( Parlamento)
Porta de Bradenburgo

Vestígios do MURO de Berlim


Rio Spree



Um dos muitos parques de Berlim




Palácio de Sans Souci




Na manhã do passado dia 15 de Abril, eu e um grupo de amigos viajámos até Berlim, onde chegámos às 14h. (hora local). Á nossa chegada ao Hotel, situado numa das mais movimentadas Avenidas da cidade, a famosa KUFURSTENDAMM, fomos informados do encerramento da maioria dos Aeroportos da Europa, devido à nuvem de cinzas vulcânicas provenientes do vulcão situado na Islândia. Tivemos logo a sensação de que o nosso voo de regresso a Lisboa, marcado para dia 18 às 19h. (Hora local), não se iria efectuar, o que realmente aconteceu, pois em vez da viagem rápida e cómoda de avião, regressamos de autocarro, com paragem para dormir em Frankfurt e Paris e de Paris viemos directos a Lisboa, onde chegámos 3 dias depois da data prevista. Mas a nossa estadia de 4 dias em Berlim, que eu não conhecia, foi muito agradável, o tempo estava magnífico e o Sol brilhou todos os dias. Berlim é uma cidade simpática, onde passeamos a pé sem dificuldade, pois a cidade é plana e as ruas e passeios são muito largos. Percorremos de autocarro os lugares mais importantes de Berlim e visitámos alguns dos muitos magestosos Monumentos, Museus e Igrejas, de grande importância Histórica, como a Porta de Bradenburgo, o conjunto monumental UNTER den LIDEN, o famoso CHECK POINTCHARLIE, uma das zonas de encontro da zona Oriental e Ocidental e onde se deu um dos momentos mais quentes com o confronto dos carros de combate dos aliados e a então União Soviética e o que resta do “MURO”, divisão da cidade durante o Período da Guerra Fria. Berlim tem muitos espaços verdes e enormes jardins como o TIERGARTEN. O tempo era pouco para visitar tudo quanto desejaríamos, mas ainda houve ocasião para assistirmos á noite a um espectáculo de Jazz e a um Concerto e a deliciarmo-nos num passeio de barco pelo rio Spree. Na manhã do último dia em Berlim, partimos para POTSDAM, cidade residência dos reis da Prússia, onde se encontra o sumptuoso “ NEUES PALAIS “ de SANS SOUCI, rodeado de um extenso e belo parque. Depois do almoço voltámos a Berlim para iniciar a nossa viagem de regresso a Lisboa, uma longa viagem de autocarro, que eu nunca imaginei fazer.

9 comentários:

Lilá(s) disse...

Linda reportagem, gostei.
Bjs

Je Vois la Vie en Vert disse...

Querida Hélia,

Também estive em Berlim e Postdam !
Foi bom rever os sítios que visitei !

Foi uma grande aventura para ti mas, mesmo se foi cansativo, viste mais paisagens do que o que estava previsto...

beijinhos

Verdinha

Pedrasnuas disse...

VIAJAR É SEM DÚVIDA MUITO MAS MUITO GRATIFICANTE...VER UM MUNDO NOVO...COM OS SEUS PRÓPRIOS OLHOS E TODOS OS OUTROS SENTIDOS APURADOS...

SAUDAÇÕES

Nilson Barcelli disse...

A cidade é encantadora.
Como eu já fui tão feliz em Berlim...
Querida amiga, bom fim de semana, beijo.

Nilson Barcelli disse...

Parte minha amiga,
No regresso ouvirás estrondos
De grilhetas rebentadas,
Libertarás a escrava que há dentro de ti,
Renascerás da queda do teu muro de Berlim.


in

http://nimbypolis.blogspot.com/2005/09/o-teu-muro-de-berlim.html

Vieira Calado disse...

Isso é que é passear, amiga!

Deixo os meus melhores cumprimentos

Efigênia Coutinho disse...

helia, venho agradecer sua visita ao meu Blog, e ler sua viagem um pouco acidentada pelas nuvens vulcanicas, que eu acompanhava aqui de New York, pois elas chegaram até bem perto.

Hoje desejo deixar meu abraço afetuoso pela passagem do dias das MÃES, pois ou temos,ou tivemos, ou somos uma delas, Efigênia Coutinho

poetaeusou . . . disse...

*
que Beleza de post,
viajei contigo !
,
agradecidas conchinhas,
deixo,
,
*

Clara Paiva disse...

Em que autocarros conseguiram fazer essa viagem Lisboa -> Berlim?

Estou á procura de autocarros que façam isso já para este fim-de-semana ou antes...