piquenique

piquenique
na Tapada de Mafra

Almoço na Aroeira

Almoço na Aroeira
Hélia e Milú

sábado, 26 de janeiro de 2013





COISAS DO AMOR



Se sentes o rosto corar

E o coração louco bater,

Se tens ânsia de estar

E imperativo de viver

- Isso, são coisas do amor.



Se na escuridão vês beleza

E captas o encanto

Do trinar do rouxinol,

Se te apaixonas tanto

No ocaso, como no nascer do sol

- Isso, são coisas do amor.



Se gostas de ver o regato

A deslizar em cascata

E branco cisne no lago

Por sob o luar de prata,

Se captas raios de luz

Na ramagem colorida,

Se a mensagem de Jesus

É fonte viva de vida

- Isso, são coisas do amor.



Se escutas a melodia

Que te rodeia, na natureza,

Se crês na profecia

De horóscopo ou da sina,

Se gostas de vela acesa

- Isso, são coisas do amor.



Amigo,

Escuta o que te digo:

Se não tiveres o que amas,

Ama, ao menos, o que tens.

Estoico, suporta a dor

De certas coisas do amor

                 Autor--João Coelho dos Santos

13 comentários:

✿ chica disse...

Muito lindas as coisas do amor!!!

beijos praianos,chica

Vitor Chuva disse...

Olá, Helia!

Diz-se que o amor é como um filtro, que dá um bonito colorido a tudo o que vemos.

E é sábio o conselho, ainda que nem sempre possa ser fácil segui-lo...


Obrigado pela visita; bom resto de fim de semana, e um abraço amigo.

Vitor

Célia Rangel disse...

Um reflexo de quem vive com todas as ilusões, sonhos e magias que nos fortalecem. Poema-realidade!
Bj. Célia.

Vera Lúcia disse...


Olá Helia,

A poesia é linda e deliciosa de ler. O amor encanta e colore a vida. Os versos finais trazem ótimos conselhos. Nem sempre temos tudo que queremos, mas saber valorizar o que se tem é de grande sabedoria e também uma forma de ser grato a Deus.

Beijo.

poetaeusou . . . disse...

*
O Amor,
são marés sublimadas,
em toda as suas vertentes !
,
iodadas conchinhas,
deixo,
*

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

querida amiga

Este é
o maior
ensinamento
do amor...

Que os sonhos te abracem
a cada esquina da vida...

Olhos de mel disse...

Que lindo poema, Helia! E é assim mesmo. Temos que valorizar o que temos, porque de toda sorte, foi Deus quem nos concedeu a ter.
Bom domingo! Beijos

Lilá(s) disse...

Muito interessante!
Bjs

Vivian Fernandes de Goes disse...

Olá,Hélia!!

E como são lindas e boas as coisas de amor!!Linda poesia!
Beijos!

Nilson Barcelli disse...

As coisas do amor são mais ou menos sempre as mesma... são sintomas, ao fim e ao cabo...
Beijinhos, querida amiga.

Fa menor disse...

É bom que amemos, sim, o que temos.
Coisas de amor... quem as não tem?

Bjinhs

Rita disse...

Bom dia de segunda feira, vim deixar
um abraço desejar uma bela semana
E que seu feriado seja cheio de alegrias
Agradeço sempre sua amizade que adoro
Bjusss com carinho pelo belo poema
Rita!!!!º° ✿彡

O Árabe disse...

Que bela escolha, Helia! Obrigado, boa semana.