piquenique

piquenique
na Tapada de Mafra

Almoço na Aroeira

Almoço na Aroeira
Hélia e Milú

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Fado-Património da Humanidade



Por decisão da Unesco em Novembro de 2011, o Fado é Património da Humanidade .
E porque Amália Rodrigues (1920-1999) foi considerada o exemplo máximo do Fado,aclamada como a "voz de Portugal " e uma das mais brilhantes cantoras do século XX, tendo percorrido muitos países, onde não só cantava Fados e outras músicas de tradição popular portuguesa, como ainda canções contemporâneas( iniciando o fado-canção ) e mesmo alguma música de origem estrangeira ( francesa, espanhola, italiana, brasileira, americana), vamos recordá-la nesta linda canção.

23 comentários:

Luís Coelho disse...

Vale a pena ouvir e deixar-se levar nestas vozes e nestes poemas.

Pena que nem tudo o que Portugal tem não seja também considerado património da humanidade para que os nossos desgovernantes não possam continuar a delapidar e a destruir...

conchita disse...

Não gosto muito de Fados, mas de qualquer maneira acho bem terem-no considerado Património da Humanidade, o Fado é único sem dúvida.
Um bom fim de semana:)

Mariazita disse...

Olá, Hélia
Eu adoro fado, e considero a Amália a maior fadista de todos os tempos, única, mesmo.
Digo isto embora reconheça que temos grandes valores no fado (e não só...).
Este vídeo é uma maravilha.
Obrigada pela oportunidade de o apreciar.

Bom fim de semana. Beijinhos

Vitor Chuva disse...

Olá, Hélia

Deu trabalho, muito, mas conseguiu-se.E o reconhecimento é mais do que merecido: se há algum aspecto da vida em Portugal em que tantos de nós nos possamos reconhecer, que reúna tanto consenso, é o fado.Que à Amália deve muito, ainda que outros tenham contribuído para a sua divulgação.

Bonito vídeo.
Bom fim de semana; um abraço.
Vitor

LUZ disse...

Olá Hélia,

Foi uma decisão mais que justa.

AMÁLIA É PORTUGAL.

Obrigada pela sua visita e comentário no meu blogue.

Abraços da Luz.

✿ chica disse...

Lino ouvir Amália e seus fados! U*ma semana bem linda pra ti por aí!!beijos,chica

Vivian disse...

Olá,Hélia!!

Que belo vídeo!Bela voz!
Beijos pra ti, querida!!!
Tudo de bom!

O Árabe disse...

Fado, patrimônio da humanidade; Amália, patrimônio de Portugal! Boa semana, amiga.

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Independente da decisão da UNESCO (mas foi bem merecido), "sou Fado" desde pequenininha...e Amália também. Minha mãe já a adorava.

Parabéns ao Fado, à bela Amália (eterna) e a você, Hélia, pela divulgação.

Um abraço
Lúcia

jlomba disse...

Olá, Hélia

a Amália a maior fadista de todos os tempos, mas vamos la ver se a Marisa da continuidade ao fado e ao património da humanidade
obrigado

Tatão disse...

Amália dizia tudo. Muito mais que os conteúdos, as formas, as realidades, muito mais que as rudezas, as filosofias, as especulações das coisas, muito mais importantes de tudo que ela sabia transmitir o seu sentimento a todos que admiravam.

Tatão disse...

Falando mais um bocadinho sobre a Amália.Tornou-se conhecida mundialmente como a Rainha do Fado por consequência, devido ao simbolismo do género musical teve que teve na cultura portuguesa, foi considerada por muitos como uma das suas melhores embaixadoras no mundo. Aparecia em vários programas de televisão pelo mundo fora, onde não só cantava fados e outras músicas de tradição popular portuguesa.Recordar a Amãlia foi a saudade que ela nos deixou.Por muito que se queira nunca será esquecida.Falar dela é sempre um ponto de referncia do valor que ela nos deixou.

Olhos de mel disse...

Querida Helia; o fado realmente já merecia esse lugar. É espetacular! Não podemos pensar em Portugal, sem pensar no fado.
Beijos

Nilson Barcelli disse...

O Fado foi merecidamente classificado como Património da Humanidade.
E a Amália foi uma grande cantora de fado.
Helia, querida amiga, tem um bom resto de semana.
Beijo.

gaivota disse...

e viva o FADO!!! que é noso, muito nosso!
beijinhos

poetaeusou . . . disse...

*
minha amiga,
destas virtuais andanças,
se Amália foi, tu és e todos somos,
e em especial,
Alexandre O’Neill e Alain Oulman
,
e eu, adendo . . .
,
Olha amiga,
Para aquele Hino á Alegria !
Gaivotas pipilipando
Emitindo gritos sonantes
Em bailados esvoaçantes
Traineiras acompanhando
A toda á Nazaré gritando
Estamos anunciar vida
Com esta sardinha querida
Mesa sóbria, hoje, enchida,
Em acrobacias, voando !
,
Conchinhas, cantando Amália,
ficam,
*

Je Vois La Vie en Vert disse...

Não há dúvida nenhuma que o fado merecia ser Património da Humanidade !
Obrigada, querida Hélia para as tuas palavras doces e elogiosas. Também era sempre um prazer para mim te receber no meu cantinho verde e te visitar no teu Horizonte. Ainda bem que contribui a animar os momentos de solidão e relembrar-te o teu francês.
O meu blog continua aberto, podes passear nele e até retirar o que quiseres !
Também te desejo felicidade e até sempre !
Beijinhos
Verdinha

Pedrasnuas disse...

Sim, a Amália é sem dúvida um expoente máximo do Fado !!! Mas o Luís tem razão...há mais em Portugal digno de ser aclamado !!! Obrigada pela visita ao meu espaço.

O Árabe disse...

Bom resto de semana, amiga. Aguardo o próximo post.

poetaeusou . . . disse...

*
como gosto do tema,
como o fado é nosso !
lembrando aos criticos,
que nas Nações da Espanha,
a musica de cada região,
tem um "assento" de 90/100,
aqui retornei .
,
grato pela primazia do fado,
,
querida amiga,
Amália, “por si só”
é um Património da Humanidade,
porém, minha amiga,
,
o Fado foi-nos trazido,
por um moçárabe foragido,
vindo numa caravela,
com uma guitarra trinando,
uma viola acompanhando,
nunca se ouviu “coisa” tão bela !
,
e mais, minha amiga,
,
para cantar o fado,
não é preciso talento,
basta apenas que os amigos,
o ouçam, com sentimento !
,
conchinhas fadistas,
ficam,
*

Tabuleiro Chic disse...

Lindo post!!! Adoramos!!! Beijinhos do TC.

Elisabete disse...

Dou muito valor ao fado. São vozes especiais que o cantam. Beijinhos

LUZ disse...

Olá estimada Hélia,

Como está?
Quero lhe comunicar, que este fim de semana, tal como durante todo o mês de Junho, não postarei, por questões profissionais.
Igualmente, não farei comentários em nenhum blogue.

Grata pela atenção.
Abraço de estima.