Almoço na Aroeira

Almoço na Aroeira
Hélia e Milú

domingo, 1 de maio de 2016





A mais antiga comemoração do Dia da Mãe que se conhece, é mitológica. Na Grécia antiga, a entrada da primavera era festejada em honra de Reia, a Mãe dos Deuses. Outro registo que se conhece é do início do século XVII, quando a Inglaterra começou a dedicar o quarto domingo da Quaresma às Mães das operárias inglesas. Nesse dia, as trabalhadoras tinham folga para ficar em casa com as Mães. Era chamado de "Mothering Day", facto que deu origem ao "mothering cake", um bolo para as Mães, que tornaria o Dia ainda mais festivo. Nos Estados Unidos, as primeiras sugestões em prol da criação de uma data para a celebração das Mães foi dada em 1872 pela escritora Julia Ward Howe, autora de O Hino de Batalha da República. No princípio do século XX, quando uma jovem norte-americana, Annie Jarvis, perdeu a sua Mãe e entrou em completa depressão,algumas amigas preocupadas com aquele sofrimento, tiveram a ideia de perpetuar a memória da Mãe de Anny com uma festa. Annie quis que a homenagem fosse estendida a todas as Mães, vivas ou mortas. Em pouco tempo, a comemoração e consequentemente o Dia da Mãe propagou-se por todos os Estados Unidos e, em 1914 a data de 9 de Maio foi oficializada pelo presidente Woodrow Wilson O Dia da Mãe é celebrado em muitos outros Países. No Brasil, em 1932, o então presidente Getúlio Vargas oficializou a data no segundo domingo de maio,data que se mantém Em 1947, Dom Jaime de Barros Câmara, Cardeal-Arcebispo do Rio de Janeiro, determinou que essa data fizesse parte também no calendário oficial da Igreja Católica. Em Portugal, o Dia da Mãe é celebrado no primeiro domingo de Maio, embora durante muitos anos tivesse sido comemorado no dia 8 de Dezembro, Dia da Nossa Senhora da Conceição. Vamos todos celebrar o Dia da Mãe junto da nossa Mãe , demonstrando-lhe todo o nosso amor,carinho e reconhecimento . E os que, como eu, já não a temos entre nós, recordemo-la com muito amor e dediquemos-lhe uma oração